Andalucía, hecha de luz y poesía - parte 2


As belezas naturais da Andaluzia fazem dela uma região turística por excelência que recebe aproximadamente 30 milhões de visitantes, ano sim e outro também, ávidos por desfrutar das centenas de quilômetros de praias, prainhas e praionas muito variadas e também dos destinos rurais, cada vez mais procurados. 

Começamos dando uma voltinha pelo litoral.

A máxima “sombra e água fresca” não se aplicaria muito bem por aqui. Más bien, "sol e água fresca", já que o astro rei brilha em pelo menos 300 dias (garantido). As temperaturas anuais são amenas, mas no verão alcançam - e ultrapassam - com facilidade os 40 graus... Os abanicos utilizados na dança flamenca têm o seu sentido: nesta estação, não há quem não saia na rua sem o seu - mulheres e homens. A arte imita a vida!!




As praias estão divididas em quatro regiões principais: Costa del Sol, Costa de la Luz, Costa Tropical e Costa de Almería. Vou contar algo interessante: aqui, o topless é liberado e amplamente praticado. E vocês acham que ficam olhando para os seios das mulheres? Que nada! Elas, de todas as idades, corpos, cores e tamanhos, bronzeiam-se, brincam com seus filhos, conversam com amig@s, namorad@s, com a maior tranquilidade e naturalidade...

Costa del Sol

Região litorânea de Málaga, banhada pelo mar Mediterrâneo, calmo e mais quente. Uma das zonas turísticas mais importantes da Espanha, que conta com uma infra-estrutura muito desenvolvida: hotéis, bares, restaurantes, parques temáticos, chiringuitos (pequenos bares na beira da praia), portos recreativos... É uma zona de muito movimento e muitas opções de atividades. Dentre os municípios mais significativos, destacam-se a própria capital, Málaga; Torremolinos, Nerja, Benalmádena, Marbella.

 Praia da Malagueta, em pleno centro de Málaga

 Ó meu pai aí!! Phyno!!

E meu irmão! Chyque!

Torremolinos, a praia que tem uma das maiores concentrações hoteleiras

Nerja, um pueblo particulamente encantador

A impressionante e gigantesca gruta subterrânea de Nerja, parada obrigatória


Costa de la Luz

Zona costeira de Cádiz e Huelva, banhada principalmente pelo Atlântico, sendo então as águas mais agitadas e frias. Região mais tranquila na qual se encontram muitas praias ainda em estado natural, povoados pesqueiros, regiões desabitadas, portanto é bastante apreciada. Suas praias mais emblemáticas são Tarifa (a meca do windsurf), Barbate, Caños de Meca, Zahara de los Atunes. Destaca-se o Paque Natural de Doñana, o espaço natural protegido mais importante da Espanha.

 Tarifa, praia com muito vento e muito movimento jovem

Zahara de los Atunes, tranquilidade e relax

Assim como em Caños de Meca

Reserva Natural de Doñana

Costa Tropical

Praias de Granada, banhadas pelo Mediterrâneo, dentre as quais destacam-se Motril, Almuñecar, Salobreña. São igualmente mais tranquilas, embora apresentem também muitas opções de lazer e prática de esportes.

 A bela Salobreña

 Almuñécar

Motril e seu chão de pedrinhas

Costa de Almería

É a zona litorânea da província homônima, banhada pelo Mediterrâneo, tranquila, com muitas regiões virgens. É também muito visitada em função do Parque Natural Cabo de Gata-Níjar. Destacam-se as praias de Roquetas de Mar e Cabo de Gata.



  Roquetas de Mar

Cabo de Gata

 Aquele momento lindo no paseo marítimo de Almería


Bueno, continuamos nossa caminhada rumo ao interior...

¡Pues no! O interior da Andaluzia é um capítulo à parte. Pueblos blancos, gastronomia deliciosa, velhinhos e velhinhas simpáticas conversando nas praças, trilhas para caminhada, espaços naturais... Todas essas maravilhas terão seu merecido post exclusivo na próxima semana!

O verão se aproxima... Ainda dá tempo de comprar a passagem :)
 

 Aquele chimarrãozinho refrescante caía bem passeando por Sevilha...


"Si estás triste busca el Sol
Si estás triste busca la luz 

Brújula del corazón
Guíanos a la emoción 

Te quiero sin banderas
Te sueño en colores:
Blanco, verde, ocre y azul

Llanos de negro y marfil
Ansias de Sol; ansias de luz

Si estás triste busca el Sol
Si estás triste busca el Sur

Despunta el día
Aves en la escarcha

Mar de olivos centinelas
El Sol ya enseña sus agujas

Despunta un nuevo día
Si estás triste, busca Andalucía".

M. Cañaveral