En buen Portuñol - parte 2

A série "En buen Portuñol" tem como objetivo, como o título mais ou menos indica, a boa utilização do Portunhol, ou seja, o conhecimento e a apropriação de algumas palavras e expressões que podemos intercambiar e passar a utilizar. Neste segundo artigo, será a vez de propor algumas palavras do Espanhol para o Português (o primeiro artigo pode ser lido neste link, em Espanhol, e sugere algumas palavras do Português para o Espanhol: "En buen Portuñol - parte 1").

FLIPAR - Uma expressão mais informal que significa "ficar impressionado" com algo. Há uma boa variação: "Flipar en colores"; que significa ficar muuito, mas muito impressionado: "He sido contratado para el trabajo de mis sueños. ¡Estoy flipando en colores!" "Fui contratado para o trabalho dos meus sonhos. Estou flipando a cores!". E também há a versão negativa: "¿No me han invitado a la fiesta? Flipo." "Não me convidaram para a festa? Flipo."

¡OLÉ TÚ! - Expressão bem andaluza, bem flamenca, utilizada para parabenizar alguém efusivamente, por ter feito algo muito bem, ou conquistado algo importante, ou ter demonstrado uma boa atitude; enfim, para aquelas pessoas que têm muito valor: "¿Has aprobado las oposiciones? ¡Olé tú!". "Passaste no concurso? Olé tu!" (ou você, para quem fala você). Alguma observações: 1) Não se diz "olé" e sim "ôle", com o acento forte no "o" e pronunciando o "e" também fechado. 2) Pode-se escrever "olé" ou "ole". 3) Pode-se utilizar no plural, sem dúvida: "Olés!" "Olé vocês!" 


JOGAR A CASA PELA JANELA - Tradução literal para "tirar la casa por la ventana", que significa gastar muito, sem medidas: "Cuando celebre mi boda, voy a tirar la casa por la ventana" - "Quando eu fizer o meu casamento, vou gastar mundos e fundos". No nosso aportuguesamento, "Quando eu fizer o meu casamento, vou jogar a casa pela janela".

PODEROSO CAVALEIRO É O SENHOR DINHEIRO - Bueno. Esta é realmente uma parte de um poema do escritor madrilenho Francisco de Quevedo, que viveu no século XVI (o chamado Século de Ouro)! Porém, dada sua veracidade e atemporalidade, já é considerada quase um ditado. Para mim, é uma das frases que melhor resume (infelizmente) a nossa vida moderna. "Poderoso caballero es don dinero"... Poderia-se dizer também "Poderoso cavaleiro é o dom dinheiro".


NI FU NI FA - "Não fede nem cheira", algo que nos deixa indiferente, que não nos emociona nem nos faz reagir... Mais ou menos do estilo sonoro da nossa "Ó o auê aí ó". (Link para o artigo em Espanhol: ¡Una frase sólo con vocales!) Uma expressão muito fácil e engraçada. " - ¿Te gustó la peli? - Pues si te digo la verdad, ni fu ni fa". " - Gostaste do filme? - Olha, sendo sincera, ni fu ni fa". Dizer "nem fu nem fa" perderia um pouco da rapidez e da graça da expressão, então voto para que fiquemos com a original!

TIQUISMIQUIS - Esta também é bem engraçada e tem um uso amplo, pois define tanto aquelas pessoas que estão sempre reclamando e queixando-se, como aquelas cheias de "não-me-toques" e nojinhos. Na nossa pronúncia, acabaria ficando "tchiquismiquis", mas não tem nenhuma importância. " - ¿Quieres un sorbo de mi refresco? - Bueno, pero en otro vaso". " - Queres um gole do meu refri? - Pode ser, mas em outro copo".  Ou aquela visita que chega na nossa casa e diz: "El mantel no pega con los platos" - "A toalha de mesa não combina com os pratos". Que tiquismiquis!


Vamos continuar descobrindo as maravilhas destas duas maravilhosas línguas hermanas em novos artigos da série, que virão poquito a poco, para aproximá-las mais e para que possamos compartilhar tantas semelhanças e possibilidades maravilhosas ;) 

Olé nós!